Por favorlogarouregistrar to do it.

Olá, Comunidade Canguru!

Quem já fez ou viu alguém fazer compras usando cartões?

O modelo de cartão que conhecemos surgiu nos Estados Unidos em 1950, após o executivo e criador do Diners Club Card, Frank MacNamara, esquecer sua carteira ao sair para um restaurante. Sem ter como pagar, deixou com o dono do estabelecimento seu cartão de visitas assinado, como promessa de que voltaria no dia seguinte para pagar a dívida.

A ideia agradou tanto a Frank MacNamara que, no ano seguinte, criou o Diners Club Card, o qual possuía mais de 200 clientes ao final do seu primeiro ano em circulação.

Atualmente, o cartão (seja nas formas de crédito ou débito) é o meio de pagamento mais utilizado no mundo. Estima-se uma média de 2 cartões por pessoa. Mas afinal, qual a sua relação com a Matemática?

Essa relação está diretamente ligada à segurança do cliente. Os cartões dos usuários contam com um sistema de criptografia para a proteção de seus dados que utiliza números primos (aqueles que têm somente o 1 e o próprio número como divisores inteiros positivos, como 2, 3, 5, 7, 11, dentre muitos outros).

Em sistemas de criptografia, como o RSA (sigla para Rivest-Shamir-Adleman), utilizado nos cartões, a segurança é garantida por um esquema de chaves. Estas chaves têm por trás a dificuldade de fatorar um produto de dois números primos muito grandes (ou seja, a dificuldade de encontrar os números primos que, quando multiplicados, dão origem ao número produto). Interessante, não?

Confira o breve vídeo da BBC News e descubra mais sobre a relação entre os números primos e o sistema RSA, clique aqui!

Como estão organizadas nossas provas?
Roda da bicicleta

Reações

O seu endereço de e-mail não será publicado.